Prpjetos Sustentáveis

Mentes brilhantes exploram o Alvarinho (Inovação na produção de vinho)

Innovation in winemaking

No Centro de Inovação do Soalheiro, estamos sempre a experimentar diferentes estilos de produção de vinho para explorar a versatilidade do Alvarinho no nosso Território. Através desta iniciativa, criámos uma incubadora que oferece a oportunidade a mentes inquietas de explorarem as suas próprias ideias.

Soalheiro Nature. Este vinho foi desenvolvido pela nossa equipa e até conduziu a uma dissertação de mestrado na Universidade Católica Portuguesa, que estudou a estabilidade do vinho. Com uvas biológicas, este é o primeiro Alvarinho da nossa região a ser produzido sem adição de sulfitos, representando a mais pura expressão do nosso terroir.

Alvorone. Desenvolvido com um grupo de jovens enólogos, ‘Vinhos Aparte’, este vinho aplica o estilo de produção de vinho do Amarone às uvas Alvarinho. Este processo de produção único resulta numa expressão particular do Alvarinho, perfeita para os apreciadores e curiosos do vinho.

Ag.hora. Tendo início em 2019, com dois jovens georgianos, Ag.hora usa o Alvarinho para explorar o estilo georgiano de produção de vinho. A Tina, agora membro da nossa equipa de Enoturismo, e o Gio, orgulham-se de explorar o seu património e de fazer chegar a Monção e a Melgaço uma tradição tão estimada. Este vinho apresenta maceração pelicular, com fermentação e envelhecimento em ânfora de argila.

Pé Franco, que significa ‘não-enxertado’, refere-se ao facto de este vinho ser produzido a partir de vinhas em bruto. As vinhas que o produzem estão localizadas na Quinta da Folga, plantadas em solos mais arenosos, tendo mais de 10 anos. Pela primeira vez, em 2020, produzimos um único vinho a partir deste lote, dando corpo a uma experiência que começou na vinha e que transitou para a adega.

Pet Nat. Este espumante natural, ao popular estilo Pet-Nat (Pétillant Naturel ou Méthode Ancestrale), foi desenvolvido em parceria com o Hugo, proprietário de um bar de vinhos, enófilo e estudante de pós-graduação em enologia. Os apreciadores de vinho que procuram algo diferente devem dirigir-se ao Candelabro, no Porto, para degustar esta pura expressão do Loureiro.

E muito mais a caminho.