Alvarinho Soalheiro 2013

As uvas de Alvarinho são colhidas manualmente a partir de uma seleção de uvas das nossas vinhas na Quinta de Soalheiro, produzidas segundo os conceitos da agricultura biológica onde protegemos o ecossistema vitícola fomentando a biodiversidade e a sustentabilidade ambiental. O microclima que influência a produção das uvas de Alvarinho é muito particular. Melgaço, a região mais norte de Portugal, está protegida por um conjunto de serras que permitem um casamento perfeito entre a pluviosidade, a temperatura e o número de horas de sol necessários à melhor maturação das uvas da casta Alvarinho. Esta boa exposição solar – local soalheiro – deu também o nome à parcela que esteve na origem da marca.

Soalheiro 2013 – uma colheita especial. Após um inverno bastante húmido as temperaturas baixas durante o início do crescimento da vinha induziam uma colheita mais tardia do que a anterior. Contudo, o clima em julho e agosto, muito seco e quente, mas com noites frias, favoreceram uma vindima de muito boa qualidade com um amadurecimento lento a manter o álcool em níveis moderados, mas que ajustou a acidez devido a temperaturas diurnas moderadamente elevadas. O início de setembro igualmente quente e seco permitiu antecipar a vindima fugindo das chuvas que ocorreram a partir do final do mês e início de outubro. O Soalheiro 2013 é uma colheita bem no perfil que pretendemos, sobriedade aromática, mineralidade e grande elegância de sabor.

Produtor
Soalheiro
Região
Melgaço, Monção
Vinificação

As uvas, exclusivamente da casta Alvarinho, são colhidas manualmente em caixas de pequena capacidade e transportadas para a adega num curto espaço de tempo. Após a prensagem, o mosto obtido decanta durante 48 horas, segue-se a fermentação e estágio em Casco de Carvalho Francês (barricas novas e usadas), tendo permanecido nas borras finas com batonnage periódica até final de Junho 2014.

Castas
Alvarinho
Produção
3000
Álcool (%)
13
pH
3.45
Acidez Total (g/dm3)
5.6
Acidez Volátil (g/dm3)
0.35
{ os valores são orientativos }
Notas de Prova

Cor amarela intensa, aroma elegante e persistente com nuances de barrica, mantendo a frescura e a fruta da casta Alvarinho. O sabor é encorpado e complexo.

Sugestão de Acompanhamento

Ideal como aperitivo ou para acompanhar mariscos, pratos de peixe ou pratos de carnes de aves.

Críticas

2014.10

Revista de Vinhos — por

Pontuação
17/20

A elegância dos vinhos da marca está aqui bem patente, com a fruta muito pura e vibrante, cristalina. Citrinos (casca, flor, fruto) misturam-se harmoniosamente com nuances de ananás num conjunto muito expressivo e fino.

2015.03

Revista Guia — por

Pontuação
8.5 / 10

Poucos produtores interpretam tão bem o alvarinho quanto a Soalheiro. Aqui, a casta exprime o que tem de melhor: frescor, leveza e um toque cítrico na boca. Sem grandes complicações (como estágio em madeira ou outras bossas), este é um alvarinho clássico. E, exatamente por este motivo, dos melhores.