Alvarinho Soalheiro 9% Dócil 2011

As uvas de Alvarinho são provenientes de diversas vinhas de pequena dimensão implantadas em solo de origem granítica entre os 100 e os 200 metros de altitude. Melgaço, a região mais norte de Portugal, está protegida por um conjunto de serras que permitem um casamento perfeito entre a pluviosidade, a temperatura e o número de horas de sol necessários à melhor maturação das uvas da casta Alvarinho.

2011 – uma colheita clássica. Esta colheita caracterizou-se por temperaturas elevadas no início do ciclo vegetativo que permitiram floração precoce pressupondo uma vindima antecipada, no entanto o mês de Julho foi anormalmente frio e o mês de Agosto teve temperaturas amenas que permitiram a obtenção de um Alvarinho equilibrado e aromático. Esta colheita tem um teor alcoólico clássico para um Soalheiro mantendo um bom equilíbrio de acidez. A vindima foi precoce e simultaneamente mais longa que a média, ocorrendo essencialmente nas primeiras duas semanas de Setembro.

Produtor
Soalheiro
Região
Melgaço, Monção
Vinificação

As uvas sem vindima tardia foram colhidas em caixas de pequena capacidade e transportadas para a adega num curto espaço de tempo. O mosto obtido por prensagem das uvas inteiras foi decantado e fermentado a temperatura baixa. A fermentação decorreu em inox até atingir o equilíbrio de doçura e acidez pretendido e que ditaram o álcool final deste Soalheiro – 9%.

Castas
Alvarinho
Álcool (%)
9
pH
3.2
Acidez Total (g/dm3)
7
Acidez Volátil (g/dm3)
0.4
{ os valores são orientativos }
Notas de Prova

Notas citrinas e tropicais da casta Alvarinho com um equilíbrio de acidez e doçura invulgares.

Sugestão de Acompanhamento

Ideal como aperitivo ou para acompanhar um bom fim de tarde. Em alternativa pode aparecer durante a conversa no final de uma jantarada.